Melasma na gravidez

Conhecido como cloasma na gravidez, o melasma gestacional é comum e atinge grande parte das gestantes, é resultante de transformações hormonais que ocorrem nesse período.

Os melasmas são manchas em tons marrons que aparecem na pele do rosto e corpo da gestante, devido às alterações hormonais ocorre um aumento da melanina, pigmento responsável por dar coloração na pele. Com isso, há a hiperpigmentação de determinada área, originando as manchas.

Em algumas mulheres, a causa do melasma pode ir além da gravidez, estando relacionado ao consumo de anticoncepcionais, reposição hormonal, genética e exposição ao sol em excesso.

O melasma na gravidez costuma surgir a partir da metade da gestação, quando os hormônios se estabilizam e devem ser analisados por um médico especialista para a certificação de que não se trata de doenças de pele mais sérias.

Preocupadas com a estética, muitas mamães questionam se o melanoma some após a gestação, principalmente as manchas faciais e, em grande parte dos casos elas somem sim, ou se tornam bem claras na pele.

Porém, há casos em que a mancha permanece e neste caso, apenas tratamentos clínicos podem ser realizados sob a pele.

Consultar o médico é sempre essencial, assim como o uso do filtro solar durante o dia a dia, que além de ajudar no tratamento do melanoma, previne inúmeras outras doenças de pele.

Anúncios

Problemas de pele que as gestantes enfrentam durante o inverno

Durante a gestação é bem comum que as mamães notem algumas manchas em sua pele, ou até um certo escurecimento de algumas partes do corpo, como dos mamilos, das axilas e da linha média abdominal. Isso acontece devido às alterações hormonais na qual estão passando.

A pele da gestante tende a ser mais ressecada do que o normal, principalmente depois do segundo trimestre de gravidez, e nesse quesito, o tempo frio que é tão amado pelas mamães que dormem melhor e não sofrem tanto com inchaços nesta temporada, se torna o maior inimigo da pele.

O inverno é uma estação que maltrata a pele da maioria das pessoas, mas especialmente das gestantes, que devem ter um cuidado especial com sua pele, prevenindo o aparecimento de manchas e estrias ao longo da gestação.

Para evitar principalmente o ressecamento da pele, os cuidados com o banho são fundamentais, eles não devem ser demorados nem muito quentes. Além disso, o uso de hidratantes é essencial, pois a pele desidratada apresenta maior facilidade ao aparecimento de estrias.

É importante também que não haja o esquecimento do uso do filtro solar, mesmo em dias frios e chuvosos, pois temos que levar em conta que os raios UV estão presentes mesmo quando o sol não está tão forte sobre nós.

O uso de roupas com 100% algodão são uma alternativa de prevenção, já que  tecidos mistos e sintéticos acabam prejudicando a transpiração, podendo ocasionar coceira e brotoejas.

Procure um médico especialista para que ele possa avaliar a pele e indicar o uso de produtos adequados para cada fase da gestação, sugerindo uma alimentação saudável e o consumo de bastante água, que ajudará na hidratação.

Cuidados com o sol: 0 a 6 meses

A pele do bebê é muito fina e delicada, principalmente nos primeiros meses de vida. A atenção deve ser redobrada no verão e quando passear com ele ao ar livre, como na praia.  

Bastam alguns minutos exposto diretamente ao sol para acontecerem queimaduras, mesmo num dia enevoado ou fresco. Pois, não é a luz visível nem o calor do sol que causam as queimaduras, mas sim a radiação UV invisível.
Essa queimaduras solares podem ser dolorosas e, além disso, provocar problemas mais graves, como desidratação e febre.

cuidados-com-o-sol-bebes-de-0-a-6-meses-nasce-porto-alegre

Até os 6 meses de idade, não é indicado passar produtos como os protetores solares, por isso há outras maneiras de protegê-lo, como:

  • Expor o bebê o menos possível à luz direta do sol, especialmente entre às 10h da manhã e às 4h da tarde, onde há maior intensidade da radiação solar.
  • Coloque no pequeno chapéu, calças leves e uma camisola de mangas compridas quando sair à rua.
  • Prefira roupas de malha compactas que protegem melhor do que os tecidos de malha larga (para ver a densidade da malha, segure o tecido contra a luz – quanto menos luz atravessar, melhor)
  • Não esqueça da cadeira de passeio com capota ou uma tenda para proteger o bebê quando estiver na beira-mar, por exemplo.

 

Como suportar o calor do verão na gestação?

Os dias mais quentes podem se tornar incômodos, principalmente para as gestantes.

O clima muito quente eleva a temperatura do corpo, e o esforço extra de carregar o barrigão aumenta a sensação de calor.

A gestante precisa encontrar maneiras para ficar mais fresquinha no alto do verão e evitar a sensação de exaustão, pressão alta, tonturas ou desidratação.

Em casa, seria interessante você investir em um ventilador ou ar-condicionado, para dormir e para outras atividades como cozinhar. Lembre-se que você precisa dormir bem para descansar o corpo e cansar menos durante o dia.

Ao chegar de um dia cansativo ou quando sentir muito calor, encha uma bacia com água fria e relaxe seus pés.

Ou vá logo para uma chuveirada. Você pode repeti-la sempre que quiser. Cuide para que a água não esteja totalmente gelada, porque seu corpo pode responder gerando mais calor. Prefira um banho fresquinho, de morno para frio, em vez de gelado.

Se tiver tarefas para fazer na rua, prefira o começo e o fim do dia, para não sair no sol quente. Invista em roupas leves, com tecidos frescos e naturais, não sintéticos. O mesmo vale para os lençóis.

calor na gestação nasce

Ao sair de casa, principalmente em pequenas viagens, você pode carregar um borrifador em spray com água, para jogar no rosto.

Use chapéus de abas largas para proteger a cabeça do sol e não esqueça do protetor solar.

Tomar sol faz com que o calor se acumule no seu organismo, portanto é mais aconselhável se manter à sombra.

Beba bastante água, sempre. Mantenha uma garrafinha por perto para evitar a desidratação.

Qualquer mal estar, avise a pessoa mais próxima!

Escreva seu endereço de email para receber atualizações.

Junte-se a 1.185 outros seguidores

%d blogueiros gostam disto: