Estomatite infantil

A estomatite trata-se de uma inflamação na região da boca, provocada por um vírus e que se caracteriza pelo aparecimento de aftas, acompanhadas de dor, febre e muito desconforto.

Não é à toa que as crianças ficam irritadas e com dificuldade de se alimentar, assustando as mamães.

A maioria dos casos de estomatite infantil afeta não só a boca da criança, mas também pode atingir a garganta e esôfago. Normalmente, o vírus responsável é o da herpes simples (HSV-1), se aproveitam de momentos de baixa imunidade, provocados por uma gripe, por exemplo, para entrar em ação, por isso, no outono e no inverno, os episódios são mais frequentes, por ser uma temporada de gripes e resfriados que torna o sistema imunológico mais vulnerável.

O contágio pode acontecer por contato pele a pele e também pelo fato de colocar a mão suja na boca, por isso é importante lavar as mãos das crianças com frequência e procurar evitar que ele coloque os brinquedos na boca.

Diagnosticar a estomatite infantil é relativamente simples, um pediatra pode detectar com facilidade com um exame clínico simples.

O tratamento da estomatite infantil é feito a base de analgésicos que tem por objetivo de aliviar as  dores e mantendo a boca do bebê sempre limpa. As crises de estomatite podem durar de uma semana a dez dias mas abrandando com o passar do tempo.

Durante o tratamento, a alimentação do bebê vai exigir alguns cuidados especiais, por isso, é importante evitar alimentos ácidos, optar por refeições pastosos ou líquidos como sopas e procurar alimentos mais frios, facilitando para o bebê ingerir.

 

Anúncios

Cuidando da higiene bucal do bebê

Um momento especial na vida dos pais é quando começa a surgir os primeiros dentinhos do bebê. Apesar do incômodo causado para a criança, é realmente muito prazeroso ver que seu filho está se desenvolvendo de maneira saudável. Para que ele tenha uma perfeita saúde bucal é necessário tomar alguns cuidados.

06 - blog

Você já deve cuidar da higiene da boca do bebê mesmo antes de nascer o primeiro dente, assim ele já vai se acostumando com a limpeza, que pode ser feita com uma gaze ou com fraldinhas de pano, sem creme dental.

O primeiro dentinho geralmente nasce na gengiva inferior, na parte da frente, entre o sexto mês e o primeiro ano de vida. O segundo dentinho deve surgir depois de duas ou três semanas, também na parte inferior. A partir do surgimento dos primeiros dentes você já pode começar a usar uma escova com cerdas bem macias e a cabeça pequena, que permita alcançar facilmente todas as partes da boca.

Algumas dicas para ajudar você:

  • Escove os dentes do bebê duas vezes por dia, de manhã e antes da hora de dormir;
  • A quantidade de pasta com flúor deve ser pequena, apenas “suje” a escova;
  • Faça movimentos suaves de escovação;
  • Troque a escova quando as cerdas ficarem gastas;
  • Não se preocupe com o fio dental, nesta fase os dentes da criança possuem espaço suficiente entre si.

Escreva seu endereço de email para receber atualizações.

Junte-se a 1.178 outros seguidores

%d blogueiros gostam disto: