Como aliviar o calor do bebê

Na praia ou mesmo na cidade, enfrentamos as altas temperaturas do calor da estação. O bebê não pode sentir frio, mas o calor intenso desta época também o prejudica.

Como os recém-nascidos ainda não conseguem expressar direito os seus desconfortos, alguns sinais podem ajudar os pais. A irritação, o suor, o choro mesmo depois de mamar ou trocar a fralda podem ser alguns indícios de que a temperatura está alta demais.

como aliviar o calor do bebê nasce mother care

Para evitar que o seu bebê fique nervoso com o calor invista em roupas leves e confortáveis, nada de acessórios apertando. No verão os pais podem recorrer a mais de um banho por dia para refrescar a criança.

Caso o bebê já esteja ingerindo alimentos sólidos, introduza opções para afastar o calor, os sucos de fruta e pedacinhos de fruta fresquinhos são ótimas opções. A hidratação neste período é fundamental.

As vezes o calor é tão intenso que o uso do ventilador ou do ar condicionado se faz necessário. Se os equipamentos estiverem em uma temperatura adequada, não tem problema.

No caso do ar condicionado a  temperatura ideal para os pequenos é 25ºC, que já vai refrescar bem o ambiente. Com o ventilador você só não deve colocá-lo diretamente virado para o bebê, prefira deixá-lo virado para uma parede com a função de apenas refrescar o ambiente.

Anúncios

Como proteger as crianças do calor

Se o calor intenso já deixa os adultos incomodados, imagine os pequenos. Por isso, é necessário ficar de olho em alguns itens para garantir um dia mais confortável e uma noite de sono agradável. 

calor

Passeios: em dias muito quentes, o ideal é reduzir as saídas ao ar livre para o começo ou final do dia. A temperatura alta pode provocar mal-estar. Lembre-se que em crianças mais grandinhas protetor solar, chapéu e óculos de sol de boa qualidade são necessários! 

Água: o ideal é que a partir dos 2 anos a criança também consuma até 1 litros de água para não desidratar. Equilibrar com sucos e água de coco é uma ótima alternativa. 

Ar-condicionado, ventilador e umidificadores de ambiente: esses eletrodomésticos refrescam o ambiente, mas quando há crianças na casa, é preciso alguns cuidados.

O ventilador é o mais tranquilo. Seu está liberado, desde que esteja em boas condições e não fique em cima da criança. Já o ar-condicionado, quando usado em excesso, pode deixar a mucosa da garganta mais sensível a bactérias. Dois recursos podem driblar o ar ressecado: um balde de água ou uma toalha úmida em cima da cabeceira da cama. 

Alimentação: para crianças que já saíram do período de amamentação, o ideal é oferecer alimentos leves, feitos na hora e cheios de nutrientes. 

Cabelos secos: se a hora do banho for mais tarde, não esqueça de secar bem o cabelo e a a cabeça da criança. Jamais deixe seu pequeno dormir de cabeça molhada. 

Roupa ideal: evite tecidos sintéticos. Roupas de algodão e linho são a melhor alternativa. 

E você, tem algum outro truque para refrescar?

Escreva seu endereço de email para receber atualizações.

Junte-se a 1.175 outros seguidores

%d blogueiros gostam disto: