Descubra os benefícios da caminhada durante a gestação!

Durante a gravidez, é vital que a futura mãe mantenha uma rotina de exercícios físicos moderados, como caminhadas, ioga ou pilates. Mas é importante não exagerar, para não prejudicar a sua saúde e o crescimento do seu bebê.


Os benefícios de caminhar para mulheres grávidas


Caminhar é um dos exercícios mais fáceis de praticar, independentemente da idade, peso ou condicionamento físico. Além disso, uma vez que não requer um ginásio ou equipamento específico, pode ser praticado em qualquer ambiente a qualquer hora do dia.
Além de prático, simples e barato, a caminhada também oferece múltiplos benefícios à saúde para mulheres grávidas.  Como:

 

  • Melhor gestão do peso durante a gestação;
  • Melhorar a circulação sanguínea;
  • Regular o ritmo cardíaco e respiratório;
  • Melhora a autoestima;
  • Gravidez mais saudável;
  • Caminha facilita o parto e sua recuperação pós parto.

 

Para determinar a quantidade de exercício que a futura mãe deve realizar, há muitas variáveis ​​que influenciam. É o médico que determina o quanto uma mulher grávida deve andar a cada dia.

Em geral, uma hora de caminhada diária é necessária durante os 8 meses de gestação, para aumentar os benefícios do exercício. Esses 60 minutos devem ser divididos em 3, 4 ou 5 sessões, sempre com ritmo regular e intervalos para descanso.

Sempre leve uma garrafa de água para repor o líquido durante a atividade. A hidratação é importantíssima para o bebê e para a gestante.

Nunca comece uma atividade física sem a orientação do seu médico, cada gestante tem suas particularidades e devem ser seguidas por um profissional qualificado.

Bons exercícios!

Anúncios

Como evitar a mastite?

Amamentar é naturalmente lindo e um verdadeiro ato de amor. Mas algumas mulheres podem desenvolver uma inflamação na mama, que provoca o surgimento de sintomas como dor, inchaço ou vermelhidão. Conhecida como mastite, a enfermidade acontece devido ao entupimento dos canais por onde passa o leite.

02 - blog

A mastite tem cura e o seu tratamento deve ser iniciado o mais cedo possível para evitar possíveis infecções. Normalmente é recomendado repouso e o esvaziamento frequente da mama com o auxílio de uma bomba. Em casos mais graves os tratamentos variam com o uso de antibióticos e anti-inflamatórios.

A melhor maneira de evitar a mastite é garantir que o seu filho sugue corretamente o leite. Para isso ofereça uma mama ao bebê e, só depois de estar vazia, ofereça a outra, alternando na mamada seguinte. Além disso, procure usar sutiãs e roupas de algodão que não apertem muito. Isso vai evitar a pressão nas mamas e prevenir o desenvolvimento de bactérias. Descanse bastante e mantenha uma alimentação saudável.

A mastite é mais comum entre as mães de primeira viagem, isso porque ela e o bebê ainda estão aprendendo como funciona o processo de aleitamento. É importante que você saiba que, mesmo sentindo dor, é necessário continuar amamentando para que o bebê consiga retirar o máximo de leite possível do seio. Para aliviar a dor, antes de cada mamada, aplique compressas quentes nas mamas. E lembre-se, ao perceber os primeiros sinais da mastite, procure imediatamente um ginecologista.

Mudança de eixo da gestante

A mudança de eixo das gestantes é algo comum e que pode passar despercebida perante todas as transformações no seu corpo.

O aumento das mamas,do útero e da barriga ocasionam a projeção do abdômen para frente e o andar com as pernas abertas, uma postura inadequada que pode provocar, em alguns casos, dores fortes e até quedas. Isso acontece porque o centro de gravidade da mulher é deslocado, alterando seu equilíbrio.

Esta má postura, na tentativa de se manter ereta, pode permanecer após o parto. Sentir algumas dores, cansaço e até dificuldade em realizar alguns movimentos são consequência dessa nova busca pelo seu eixo normal.

BLOG NASCE mudança de eixo

Para que o seu eixo não seja modificado de forma brusca, o ideal é que a mãe tenha um acompanhamento físico, com exercícios regulares. Pois é necessário preparar a musculatura responsável pela sustentação da coluna, assim como trabalhar as funções cardiorrespiratórias e manter a flexibilidade muscular, preparando o corpo para o parto.

Os benefícios da prática de exercícios físicos com periodicidade são notados também no pós-parto, onde a flacidez e as dores são menores, assim como a recuperação mais rápida.

Como evitar problemas de pele no bebê?

A pele do bebê é mais frágil e sensível que a dos adultos, por isso, precisamos ter mais cuidados para evitar brotoejas e doenças, muitas delas causadas pelo excesso de transpiração.

Para que o seu filho continue com a tal “pele de bebê” é importante que ela esteja limpa e fresquinha. Mais de um banho por dia pode ajudar, principalmente se você não usar sabonete em todas as vezes.

Após o banho certifique-se de que o seu filho está bem sequinho, você pode usar um talco pediátrico para deixar a pele mais sequinha.

Evite produtos com muita química, no banho use apenas sabonete de glicerina e faça a higienização com água morna. Mesmo os lencinhos umedecidos devem ser evitados sempre que possível.

Caso o seu filho tenha sido picado por algum inseto, como mosquitos ou abelhas, faça compressas frias no local da picada, o que pode aliviar a sensação de coceira. Se for identificada uma reação alérgica, o bebê deverá ser levado ao médico.

pele bebê como cuidar pra não ter alergias e  doenças

Se você identificar a pele do seu bebê muito seca, consulte o seu médico para ele lhe indicar um hidratante com fórmula suave, especial para o seu bebê.

Em caso de assaduras, causadas muitas vezes pela transpiração do bebê em contato com a fralda, podem ser utilizadas  pomadas neutras para fortalecer a barreira de proteção da pele. Recomenda-se, também, deixar a região respirar livremente após cada banho ou troca de fralda.

Alguns especialistas afirmam que o sol até as 10h e depois das 16h é benéfico para a esterilização da pele do bebê. Então, quando possível, deixe o seu bebê pegar um solzinho, mas cuide com as correntes de ar frio.

Workshop Shantala | Março 2015

O vínculo entre mãe e bebê é construído e reforçado a cada dia, em todos os momentos. E quer ligação mais intensa que aquela de pele com pele? É assim que a Shantala ajuda a conectar mãe e bebê (ou pai e bebê): através do toque se transmite confiança, carinho e força para o pequeno que está descobrindo o mundo. shantala workshop nasce mother care porto alegreA Shantala foi descoberta pelo medico francês Frederick Leboyer, na década de 70. Em um de seus passeios pela Cidade de Calcutá, na Índia, percebeu que uma mulher aplicava um tipo de massagem em seu filho e ficou impressionado com a harmonia e troca de energia entre os dois. Descobriu que a técnica, muito utilizada por lá, era passada de mãe para filha há mais de cinco mil anos. Na volta para casa, o médico resolveu escrever um livro sobre a prática e batizou-a com o nome da mãe que conhecera: Shantala. Fonte: Bolsa de Mulher

Quando?  21 de março de 2015, das 10h às 12h

Como? Inscrições e mais informações pelo telefone: (51) 3334 4503.

Onde? Nasce Centro de Atendimento à Gestante – Rua Gustavo Schmitt, 580, Três Figueiras – Porto Alegre/RS

Oficina de Papinhas | Março 2015

Após os 6 meses, os bebês já podem complementar a sua alimentação com papinhas. Você sabe o que colocar nelas?

As nutricionistas Betina Ettrich e Gabriela Penter responderão as suas principais dúvidas na Oficina de Papinhas.

oficina de papinhas nasce mother care porto alegre

Temas abordados:

– Recomendações sobre a introdução da alimentação

– Como preparar uma papinha saudável, gostosa e nutritiva

– Ingredientes, técnicas e receitas

 

Quando?

19 de março, das 19h às 21h

Como?

Inscrições e mais informações pelo telefone: (51) 3334 4503.

Onde?

Nasce Centro de Atendimento à Gestante – Rua Gustavo Schmitt, 580, Três Figueiras – Porto Alegre/RS

Cuidados pós vacinação

É essencial que as vacinas do bebê estejam em dia e algumas delas devem ser feitas no primeiro ano de vida, são elas que garantem o fortalecimento da imunidade e afastam doenças graves.

Em contra partida, a vacina pode trazer certos incômodos para os pequenos, muitas vezes isso é normal, mas deve sempre ser encarado com atenção pelos pais.

como amenizar a reação das vacinas bebês nasce mother care porto alegre

Há uma técnica chamada de “5 S”, desenvolvida pelo pediatra britânico Harvey Kemp e muito popular nos Estados Unidos ela ajuda as mães a amenizarem as reações das vacinas.

São elas:

Enroladinho (Swading): envolver com uma mantinha, deixando-o bem apertadinho da mesma forma que ele estava dentro da barriga. Cuide para não pressionar a área dolorida da vacina.

De barriga para baixo (Side/stomach position): deixar o bebê deitado sobre o braço ou no colo com a barriga virada para baixo;

Balancinho (Swinging): com a criança no colo, fazer um leve balanço. No útero, o bebê estava acostumado com o sacolejo causado pela movimentação da mãe;

Chiadinho (Sushing): carregando o bebê no colo, o adulto emite um chiado tipo “shiiiii”, bem baixinho. Mesmo que façamos inconscientemente, este é um som muito próximo do que o bebê escutava na barriga da mãe, por isso, muita vezes acalma o pequeno.

Mamar para acalmar (Sucking): o ato de sugar acalma os bebês. Oferecer o peito para o bebê logo que chegar depois da vacina pode acalmar e até fazer adormecer.

Fonte: Mulher Uol < http://bit.ly/1E0LiP9>

Segundo os médicos esta técnica pode ser aplicada para outros desconfortos, não só os provocados pela vacina.

É importante observar o bebê, caso necessário ligue imediatamente para o pediatra, ele pode receitar algum antitérmicos ou analgésicos apenas no caso de febre, por exemplo.

Planejando a Gravidez

Planejar e sonhar uma gravidez é sempre muito gostoso. Mas você sabe o que não pode ficar de fora desse planejamento?

O primeiro passo é mudar a sua forma de pensar. Antes, você só tinha que se preocupar com a sua saúde, agora que tomou a decisão de ser mãe precisa pensar no seu corpo como a primeira casa do seu bebê, onde ele vai se formar e se desenvolver.

planejando a gravidez nasce mother care atendimento a gestante

Por isso, antes de consultar o seu médico, comece a mudar algumas coisas:

  • Evite as baladas com álcool e tabaco: mesmo que você não fume, a fumaça inalada pode te prejudicar.
  • Coloque mais saúde na sua vida: alimentos mais saudáveis e naturais devem estar presentes no seu dia-a-dia.
  • Peso ideal: tente se aproximar ao máximo do seu peso ideal, isso fará com que você se sinta melhor mesmo ao ganhar os quilinhos a mais da gravidez.
  • Exercícios físicos: além de te ajudar a manter o peso ideal, as atividades físicas regulares ajudam no funcionamento do organismo como um todo. Procure alguma atividade que ajude a reforçar a musculatura, principalmente a do abdômen.

Agora sim, estes hábitos já estão na sua rotina, então vamos ao médico para ele te ajudar a planejar a gravidez.

Converse com ele e tire todas as suas dúvidas, provavelmente um lista de exames rotineiros será solicitado, isso é muito importante para que a sua gravidez ocorra sem nenhum incômodo.

A atualização do cartão de vacinação da gestante também é um ato importante, afinal algumas vacinas essenciais precisam ser feitas antes da gravidez, por exemplo, a da rubéola.

Não é uma tarefa fácil, mas tente não ficar tão ansiosa caso você não engravide nos primeiros meses, lembre-se de que o seu corpo está se preparando para uma grande mudança e cada mulher tem o seu tempo.

Envolva o seu parceiro durante todas as fases do seu planejamento, isso será importante para você se sentir mais segura.

Planeje, também, as outras áreas da sua vida com essa mudança, como o seu trabalho, estudos, lazer e a vida financeira.

 

Como se preparar para o grande momento

O parto é o momento mais esperado pelas gestantes, e também o que mais gera dúvidas.

Você já deve ter escutado milhões de dicas e sugestões sobre parto normal, cesariana e outros.

Independente do tipo de parto, temos algumas dicas para que esse momento seja ainda mais especial:

Prepare-se antes

Fazer exercícios físicos focados para uma melhor preparação do parto é recomendado para as gestantes em qualquer período da gestação.

Existe um pequeno treinamento que pode ser feito em qualquer lugar, é a estimulação do períneo, este é composto por três camadas de músculos e tecido conjuntivo que dão sustentação e protegem a bacia óssea. O exercício consiste em fazer de conta que precisa ir ao banheiro e segurar. O movimento pode ser repetido quantas vezes você quiser. Converse com seu médico para mais informações.

Informe-se

Semanas antes do possível dia para o seu parto, consulte com o seu médico, pergunte e tire suas dúvidas sobre o momento. Se possível, encontre-se também com o anestesista e pediatra, isso fará com que você se sinta mais tranquila e confiante na equipe que estará te ajudando neste momento.

Planejamento

Pense e escreva como você quer seu parto. Quem vai lhe acompanhar? Quem você quer que esteja lá para ver o rostinho do bebê assim que nascer? Combine e converse com seu médico e a sua família.

Deixe a sua mala e a do bebê previamente arrumadas. Produtos de higiene pessoal, chinelos, toalha, cinta, roupas confortáveis para você e para o bebê são o essencial.

No dia 13 de dezembro, das 10h às 11h30, a Dois Corações abre um espaço para você trocar experiências sobre esse momento com outras mães e gestantes.

Participe!

encontro parto_nasce

Como preparar a sua casa para a chegada do bebê?

Nos primeiros dias do bebê em casa vale a pena você adequar os ambientes para que você se sinta mais a vontade.

Muitas mães pensam que apenas arrumar o quartinho do bebê é suficiente, mas às vezes o novo membro da família pode tomar mais espaço do que você imagina.

Por exemplo, ao escolher a banheira do pequeno, você precisa pensar onde vai utilizá-la e armazená-la, muitas vezes ela fica no próprio banheiro da casa, então pensar no seu tamanho é muito importante.

Deixar os materiais de higiene e roupinhas organizadas antes mesmo do parto também é importante, prepare o quartinho pensando também no bem-estar da mamãe ao trocá-lo. Opte por modelos de cômodas com trocadores reguláveis ou altos, para não forçar a coluna da mamãe.

Não coloque o berço próximo de janelas e correntes de ar. Lembre-se que enfeites demais podem acumular pó e provocar alguma alergia no pequeno. Por isso, atenção na limpeza do quarto é importante, avalie a necessidade e utilidade dos objetos.

Confira dicas de cuidados com os pequenos nos primeiros dias de vida no Curso “A Chegada do Bebê”, que acontece no dia 06/12 das 9h às 11h.

a chegada do bebe curso nasce mother care

Os temas abordados serão: Cuidados imediatos ao nascimento (sala de parto); Acolhendo e compreendendo as necessidades do bebê; Aprendendo na Prática: higiene e conforto (banho, troca de fraldas e cuidados com o coto umbilical).

As inscrições são feitas pelo telefone: (51) 3334 4503

%d blogueiros gostam disto: