Tipos de bancos de sangue de cordão umbilical

Bancos públicos

Rede BrasilCord Nestes bancos as células-tronco armazenadas são provenientes de doações voluntárias, que são realizadas de forma sigilosa e com o consentimento materno. Nos bancos públicos, as células poderão ser utilizadas por qualquer pessoa desde que haja compatibilidade (uso alogênico não-aparentado), ou mesmo pelo próprio doador ou um parente seu, se estiverem disponíveis. Os custos são cobertos pelo Sistema Único de Saúde – SUS/MS.

“Futuramente, um recém-nascido pode se beneficiar em, pelo menos, duas maneiras, da doação efetivada em seu nome: primeiro, em ser parte de um sistema que permita o salvar de uma vida, seja de um irmão ou outrem, e se sentir rejubilado por tal feito; e segundo, por ter a certeza que não é um solitário nesta causa. Se, eventualmente, ele vir a necessitar de um tratamento com célulastronco hematopoéticas, também terá a chance de receber células doadas por outra pessoa igualmente solidária.” (Munzer, The special case of property rights in umbilical cord blood, 1999)

blog tipos de bancos de cordão umbilical nasce mother care

 

Bancos privados

São bancos que guardam as células-tronco do sangue de cordão para uso próprio (transplante autólogo) no futuro, caso ocorra necessidade. Nestes bancos, todos os custos são dos pais contratantes do serviço. “Com crescente freqüência os obstetras são questionados pelos futuros pais a pronunciarem-se relativamente à criopreservação das células-tronco do sangue de cordão umbilical. Não perdendo de vista os limites e possibilidades terapêuticas atuais destas células, as perspectivas que a investigação científica em curso vislumbra para as já chamadas “células da esperança”, aconselham a que não se perca o momento único para a sua coleta – o parto.” (Loureiro, Criopreservação de Células-Tronco do Sangue de Cordão Umbilical, 2005)

Definições:

  • Transplante ou uso autólogo: quando as células utilizadas no transplante são do próprio indivíduo a ser transplantado (paciente).
  • Transplante ou uso alogênico: quando as células utilizadas no transplante provém de um outro indivíduo (doador), que pode ser aparentado ou não.

Fonte: Agência Nacional de Vigilância Sanitária – Anvisa

Mais informações: http://bit.ly/1APyuuP

 

Anúncios

O que você acha disso?

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Escreva seu endereço de email para receber atualizações.

Junte-se a 1.175 outros seguidores

%d blogueiros gostam disto: