O primeiro trimestre de gestação

Alguns sinais marcam o primeiro trimestre da gestação. Alguns são mais desagradáveis que os outros, mas eles podem ser contornados, veja quais são e como reagir:

Enjoo matinal
Um dos sintomas mais comuns da gestação, afeta até 85% das gestantes, e não apenas pela manhã.
As causas não são totalmente conhecidas, mas é possível que a culpa seja dos hormônios: quanto mais Gonadotrofina Coriônica Humana o corpo produz, maior é a sensação de enjoo.
Para minimizar: lembre de se alimentar um pouco a cada 2 ou 3 horas; inclua gengibre fresco nos chás ou sucos; experimente consumir alimentos gelados, como água ou picolés de frutas.

Desejos ou aversões alimentares
Até 80% das gestantes descrevem ter sentido desejos alimentares, enquanto que 85% das gestantes indicam ter tido aversão a certos alimentos neste período.
Para minimizar: adote um limite máximo de 75 a 100 calorias por dia de alimentos pouco saudáveis, para tentar driblar os desejos que podem fazer mal a você ou ao bebê.

Fadiga

Pregnant woman lying in bed sleeping O começo da gestação vem acompanhado de cansaço, 24 horas por dia. E não é por acaso: o corpo se adapta para prover ao bebê tudo o que ele precisa.
Para minimizar: converse com seu médico sobre anemia, já que muito do ferro do seu organismo será usado para a formação das células sanguíneas do bebê.
Além disso, durma quando puder e mantenha uma alimentação rica e saudável.

Necessidade extra de urinar
Mesmo que a barriga ainda não tenha aparecido, seu útero está crescendo, o que causa pressão na bexiga. E, ainda, seus rins estão trabalhando mais para limpar seu organismo.
Para minimizar: nada de diminuir o consumo de água e segurar as idas ao banheiro, já que isso pode causar infecções do trato urinário. Reduzir a cafeína pode ser um bom caminho a seguir, pois ela estimula o funcionamento da bexiga.

Falta de ar
Seu bebê em formação transfere mais dióxido de carbono para seu organismo, o que ocasiona a sensação de falta de ar.
Para minimizar: respire fundo e com calma.

Mudanças na libido
As mudanças hormonais e de fluxo sanguíneo podem deixar algumas mulheres mais sensíveis, o que pode deixá-las mais dispostas ao sexo e com maior tendência a orgasmos múltiplos ou mais intensos.
Porém, em outros casos, as mesmas mudanças hormonais podem diminuir a libido.
Seja o seu clima, saiba que ele é normal.
Para minimizar: converse com seu parceiro. É importante deixar claro o que você está sentindo e o que você precisa, para que ele não se sinta rejeitado.

via Parenting

Anúncios

O que você acha disso?

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: