Estresse dos pais pode provocar obesidade nos filhos

Não é apenas durante a gestação que a mãe deve ficar de olho no seu emocional ou em hábitos e atitudes de seu comportamento. O estresse pode prejudicar a saúde dos filhos mesmo após o nascimento e contribuir para um posterior desenvolvimento da obesidade. Essa foi uma constatação de um estudo recente do St. Michael’s Hospital, em Toronto, no Canadá.

A pesquisa descobriu que crianças cujos pais têm altos níveis de estresse apresentam um Índice de Massa Corporal (IMC) quase 2% mais alto que o daquelas com pais pouco estressados.  Achou o número baixo? Pois lembre-se que as crianças possuem um organismo ainda em  desenvolvimento além de estarem formando seus hábitos alimentares e físicos.

estresse-pais

O resultado também torna-se relevante pois faz parte do primeiro estudo a relacionar o estresse de pais com o ganho de peso em crianças pequenas. Porém, mesmo com essa constatação, os cientistas ainda têm dificuldade de relacionar o motivo.

Mesmo assim,  podemos tirar algumas lições dessa pesquisa. O recomendado é que os pais analisem o seu próprio comportamento para não causar uma situação assim com os filhos. Não basta apenas ficam em cima da criança e cuidar do seu desenvolvimento. É preciso policiar as atitudes de pais e responsáveis para que comportamentos estressantes no mesmo ambiente não prejudiquem o crescimento dos filhos. É fundamenta que a criança nasça e de desenvolva num ambiente saudável e que promova o bem-estar.

Fonte: Zero Hora

Anúncios

O que você acha disso?

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Escreva seu endereço de email para receber atualizações.

Junte-se a 1.171 outros seguidores

%d blogueiros gostam disto: