Dicas para evitar o estresse após o parto

Se durante a gestação, as alterações hormonais podem provocar momentos de estresse na futura mamãe, após o parto, esse sintoma pode ser maior.

O mix de emoções continua muito forte após o nascimento do bebê. Junto com os cuidados quase que 24 horas com a criança,  estresse tende a aparecer mais seguido.

Para evitar que isso ocorra ou amenizar os sintomas, reunimos algumas dicas para você passar pelo período do pós-parto com mais tranquilidade.

–        Reserve um tempo só para você: pode ser quando o bebê estiver dormindo ou quando você puder deixá-lo com o pai. Não faça nenhuma outra tarefa, a não ser, cuidar de você mesma. Vale aproveitar para ir ao cinema, fazer um passeio, compras, ir à manicure, cuidar do cabelo, etc. O importante é relaxar!

–        Alimentação: a gente não cansa de falar desse assunto. A alimentação adequada é muito importante e, na prática, muitas mulheres acabam pulando etapas e deixando alimentos fundamentais de lado. O feijão, a ervilha e as nozes, por exemplo, são riquíssimos em vitaminas no completo B. Elas neutralizam a ansiedade e contribuem para um sono mais tranquilo.

–        Depressão pós-parto: Ainda na gestação, procure se informar sobre  o assunto e sintomas. Conversar com seu médico é o primeiro passo. Importante discutir, também, com as pessoas mais próximas sobre esses sintomas e como elas podem apoiar você.

–        Aprendizados antes do nascimento: não deixe para descobrir como é a rotina de cuidados com o bebê após o nascimento. Amamentar, por exemplo, dá trabalho e não é uma tarefa fácil, não. Procure ir atrás das dificuldades, jeito correto e o que pode acontecer, para não ser pega de surpresa com coisas comuns, como rachaduras no bico do seio.

–        Gastos financeiros: item muito importante para não contribuir ainda mais com o estresse. Você já gastou muito antes do parto. Após o nascimento do bebê, muitos gastos precisam ser colocados na ponta do lápis. Imagine a quantidade de fraldas? E esse é apenas um exemplo.

–        Não se desespere: a gente sabe que não é fácil, especialmente para mães de primeira viagem. Mas não entre em pânico. Não tenha medo de pedir ajuda aos familiares e pessoas mais próximas, e demonstrar seus medos e inseguranças. Estar aberta para essas novidades é uma das melhores formas de aproveitar todo o lado bom que é ser mãe.

Anúncios

O que você acha disso?

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: