8 fatos sobre o sono dos bebês

Sweet little baby

1. Seu recém-nascido pode tirar várias sonecas curtas. Isso acontece pois o relógio biológico dele ainda não está bem ajustado, sem diferenciar bem o que é noite e dia. Além disso, a barriguinha ainda não comporta muito alimento, então, ele sente fome em intervalos mais curtos. Entre 6 e 10 semanas, ele começará a dormir por períodos mais longos.

2. Bons hábitos de sono são decorrentes da rotina. Por volta de 6 a 8 semanas o bebê pode ter sua rotina de sono ligada à alimentação, indo “oficialmente” para a cama às 7 ou 8 da noite, apesar de acordar durante a noite. Rituais noturnos são importantes nessa fase, por mais que não pareça que o bebê vai compreender aquilo: quando for colocá-lo para dormir, vista nele o pijama, ligue uma música relaxante, e isso enviará a ele um sinal de que é hora de descansar. Aos 3 ou 4 meses seu bebê dormirá por 6 horas, então uma das mamadas da noite acabará ficando de lado, explica a pediatra americana Jennifer Trachtenberg, M.D.

3. Conforto com cuidado. Experts concordam: Nos primeiros 3 meses, atenda a todas as necessidades do bebê. Depois disso, se você resistir a pegé-lo no colo a qualquer som indicando que o bebê acordou, ele provavelmente cairá no sono naturalmente, sem maiores problemas. Às vezes, tudo o que o bebê precisa para se acalmar é sentir a mão da mãe ou do pai delicadamente sobre sua barriguinha, ou ouvir uma canção suave de ninar.

4. Flexibilidade é a chave para o sucesso. Quando se tem mais de um filho, você precisatomar algumas decisões difíceis.  “Eu tinha que acordar o bebê para poder levar meu filho mais velho para suas atividades”, diz a mãe Jamie Gallovich, do Texas, EUA. Se esta é você, fique tranquila! Com seu primeiro filho,  é possível seguir uma rotina mais consistente, mas se, com a chegada do segundo filho, a consistência for de 50%, está tudo bem, explica a Dra. Jodi Mindell, Ph.D.

5. Um bebê cansado demais não dorme bem. Aprenda os sinais do sono, pois quando o bebê bocejar ou coçar os olhos é sinal de que ele está cansado. Cuidado, também, para as micro sonecas: aquela cochilada de 5 minutos no colo ou no carrinho podem até diminuir os sinais de cansaço, mas não têm efeito profundo. Depois da soneca, o bebê continuará se sentindo cansado, mas não conseguirá dormir.

6. Não existe um jeito certo de dormir. Pode ser que seu bebê cochile duas vezes ao dia aos 3 ou 4 meses, ou que tenha sonecas de 45 minutos aos 9 ou 10 meses. Deixe que seu bebê encontre seu próprio ritmo e não espere que ele vá seguir à risca os hábitos dos irmãos mais velhos.

7. Bebês com cólicas têm mais dificuldade de relaxar. Todos os bebês choram. Como dizer se é cólica o problema? Se o choro for alto e agudo, ou se seguir a regra do três: Dura por 3 horas diárias, 3 dias na semana, por 3 semanas em sequência. O lado bom é que a cólica tende a desaparecer aos 3 meses. Até lá, acalme o bebê com uma almofadinha quente e canções de ninar.

8. Renda-se ao cronograma do bebê. A segunda filha de Kate Clow, Nora, dormia muito bem, mas acordava todos os dias às 5 da manhã. A mãe, tentou colocá-la na cama mais tarde, e mudar o horário das sonecas, mas a bebê continuava em seu horário habitual.  “O que finalmente funcionou foi ajustar meus horários de sono aos dela”, diz a mãe. Isso significava não lavar roupas ou conferir e-mails à noite, mas, também, resultou em manhãs mais tranquilas.

Originalmente publicada em Outubro de 2011 na revista American Baby.

Anúncios

O que você acha disso?

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Escreva seu endereço de email para receber atualizações.

Junte-se a 1.178 outros seguidores

%d blogueiros gostam disto: