Por que atividades aquáticas são tão indicadas para gestantes?

Já escrevi aqui sobre os benefícios de praticar uma atividade física durante a gestação. E hoje abordarei sobre atividades físicas na água, que são tão recomendadas nesse período.

Na água, o peso corporal é reduzido. Para vocês terem uma idéia, uma pessoa com água na altura dos ombros tem seu peso corporal reduzido em 90%. Isso para uma gestante é extremamente prazeroso.

A prática de uma atividade física na água também diminui o impacto nas articulações e a pressão sobre o corpo, constantemente, dá um efeito de drenagem linfática, diminuindo os inchaços próprios do período.


A Hidroginástica mescla exercícios aeróbicos e localizados, melhorando o condicionamento físico e preparando a mulher para a hora do parto. Alguns estudos mostram que a prática dessa atividade contribui para amenizar as dores do parto, reduzindo a necessidade de analgesias. Essas são ótimas conclusões, mas ainda não há trabalhos de grande porte que comprovem tais efeitos.

Na Natação, como o corpo fica na horizontal, é possível praticar a atividade até a última semana de gestação. Mas no final desse período, os nados de peito e borboleta devem ser evitados. Nesses nados a região lombar é bastante solicitada, e essa região da coluna já é bem exigida na gestante. O nado borboleta também eleva muito a freqüência cardíaca, o que não é recomendado para as grávidas.

Embora Hidroginástica e Natação sejam muito indicadas nesse período de gestação, alguns cuidados devem ser tomados:

– Temperatura da água: A temperatura da água deve estar no máximo 30º. Acima disso pode ocorrer elevação excessiva da temperatura corporal, o que não é recomendado.

– Freqüência cardíaca: A freqüência cardíaca da gestante deve estar sempre entre 50 e 70% da máxima*, segundo o ACOG (The American College of Obstetrician and Gynecologists – Colégio Americano de Obstetrícia e Ginecologia). Se estiver acima desses valores, o fluxo sanguíneo e de oxigênio do bebê pode ser prejudicado.

– Cuide com os exercícios de alongamento. Devidos aos hormônios da gestação, os ligamentos da mulher ficam mais maleáveis e a água aquecida permite um relaxamento muscular. Evite lesões! Escute seu corpo e não ultrapasse o seu limite.

– Exercícios abdominais devem ser evitados no final da gestação.

– E não esqueça: PROCURE UM PROFISSIONAL ESPECIALIZADO.

Praticar uma atividade física durante a gestação traz inúmeros benefícios tanto para a gestante quanto para o bebê. Escolha o exercício que mais lhe agrada, tome as devidas precauções que esse período exige, escute seu médico e seu professor especializado, e você aproveitará ao máximo esse período tão especial na vida da mulher.

* Freqüência Cardíaca Máxima: Para calcular sua Fcmáx é simples, faça a conta 220 – sua idade. Ex.: Para uma mulher de 30 anos: 220-30 = 190.
190 Bpm (batimentos por minuto) é a freqüência máxima, ou seja, 100%. As gestantes devem ficar entre 50 e 70% desse valor. O que para uma mulher de 30 anos seria entre 95 e 133 Bpm.

 

Liselena Severo – Educadora Física e Profissional de Antiginástica.
Você sabia que a Antiginástica tem um trabalho de preparação para o parto? Para informações, escreva: lis.severo@gmail.com ou agende uma aula experimental cortesia no Nasce Mother Care: 3334-4503.

Anúncios

O que você acha disso?

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Escreva seu endereço de email para receber atualizações.

Junte-se a 1.175 outros seguidores

%d blogueiros gostam disto: